Vaidade precoce

19 - agosto - 2008 at 11:59 12 comentários

Deia Vazquez

No ultimo ano, adolescentes e criancas americanas gastaram cerca de 20 bilhoes de dolares em produtos de beleza. Assustador? Nao tanto quanto a nova “moda” estetica infanto-juvenil: a depilacao.

Segundo a MSNBC, um salao de Nova Iorque que oferece “cerca de 6 sessoes para eliminicao de pelos definitiva” para criancas a partir de 8 anos tem como slogan “Save your child a lifetime of waxing… and put the money in the bank for her education instead.”

Anúncios

Entry filed under: Comportamento, Cotidiano.

Comparando… Zíbia Gaspareto e o direito autoral

12 Comentários Add your own

  • 1. Miragaya  |  19 - agosto - 2008 às 14:19

    Realmente assustador. É impressionante como os caras do norte têm uma percepção deturpada de quase tudo. Não bastasse a cultura do Rambo (dar o troco na mesma moeda sem economizar nas balas do cartucho de sua arma), há também a cultura da perfeição estética precoce. Desde cedo, as meninas lá têm de “lutar” para serem bonitas e populares. Caso contrária, ficam fadadas à exclusão. E não só com o apoio dos pais, como principalmente da mídia, que entuba essa “cultura”.

    O pior é que aqui não estamos longe disso. Não faz muito tempo, crianças de 5, 6, 7 anos iam ao Gugu com um short enfiado na bunda fazendo a dancinha da garrafa via satélite, sob aplausos e sorrisos de mães orgulhosas.

  • 2. A digestora metanóica  |  19 - agosto - 2008 às 14:36

    Medo!

  • 3. l.c grazinoli  |  19 - agosto - 2008 às 15:31

    Nao acho que isso seja uma coisa do Eua. O Brasil é o segundo país no mundo onde mais se gasta em produtos estéticos e onde mais se faz intervençoes cirurgicas estéticas, na maioria bem desnecessárias.

    As crianaças sao o reflexo desse mundo dos adultos. Qual criança vendo a mae passar 400 cremes , pintando cabelos , unhas e etc, tambem não vai querer???

    E porque estamos sempre condenando a beleza? cada um a procura a seu modo.

    Padrao de beleza é histórico, as curvilineas já foram por demais apreciadas por Botticelli, as esqueléticas tiveram seu apogeu com Kate Moss e hj eu já nao vejo nem um padrao predominante. Pense que a Playboy da Mulher Melancia foi recorde de vendas e eu acho a guria um lixo.

    Façam o seguinte, coloquem um livro nas maos delas enquanto elas fazem o cabelo e afins, assim alem de lindas elas ficam cultas.

    O que realmente é assustador pra mim é o patrulhamento. Uma hora é contra gordos, outra contra belos e por ai vai. Isso sim é chato para cacete.

  • 4. l.c grazinoli  |  19 - agosto - 2008 às 15:37

    Só um adendo.

    Nao confundir as meninas que usavam shortinhos apertados e dançando na boquinha da garrafa, que é uma vulgarizaçao da mulher em qualquer idade, com as que se embelazam.
    Sao dois parametros totalmentes diferentes.

  • 5. Digital Ninja Martinez  |  19 - agosto - 2008 às 16:03

    Eu faria a campanha de uma cera de depilação infantil..

    é o mercado da beleza.. dos valores bestas mesmo..

    Eu faria a campanha do Maluf… de qq um..

    Xoumidemoney.. babe

    And get ready for brazilian baby wax.

  • 6. Cláudia Lamego  |  19 - agosto - 2008 às 17:53

    Agradeço à indústria da estética por poder domar meu cabelo sem aqueles produtos fedorentos para “relaxar” e que estragavam o cabelo. Hoje, posso fazer uma escova inteligente, ele fica bonito e macio.

    Mas, confesso que acho assustador ver crianças se depilando, usando coisas desnecessárias, dado que ainda são muito novinhas. Há o risco de estragarem precocemente a pele, os cabelos, além de ficarem reféns desse tipo de tratamento.

    obs: meu filho, sendo um menino, vamos economizar bastante com os milhares de cremes (de todas as cores, cheiros e tipos)e produtos afins.

  • 7. Monique Cardoso  |  19 - agosto - 2008 às 20:04

    Meu deus, a que ponto chegamos! Não só depilação, mas depilação definitiva! Muito bizarro.
    A cera só atingiu, até hoje, minhas sobrancelhas. Resolvo o resto com lâmina, e só nas partes que pedem mais higiene. Depilar ou raspar pernas? nem pensar!!! buço? deus me livre. Nunca deixei de receber um só elogio (se esse é o objetivo da vaidade exacerbada) de ninguém. Aliás, os homens, meninas queridas, odeiam perna que espeta. odeiam.

  • 8. Olívia Bandeira de Melo  |  19 - agosto - 2008 às 23:02

    Meu otimismo costumeiro vai todo embora numa hora dessas. E, LC, não é patrulha não, mas muitos pais e mães fazem questão de brincar com os filhos como se fossem bonecos e, me parece, esse é um exemplo.
    Me lembrei de “Pequena Miss Sunshine”.

  • 9. L.C  |  20 - agosto - 2008 às 1:34

    Olivia, seu argumento é excelente. Criar crianças como bonequinhos é fora de propósito, mas o que queria deixar claro no meu cometário é que as crianças hj estao se refletindo nao mais nos padroes infantis, e sim no espelho do mundo que as envolve.

    Pode ser que caiba aos pais baixar um pouco a bola da vaidade, mas é complicado.

    A Maria Clara tem 1 ano e 10 meses , mas qdo ve uma bolsa de mulher pendura no ombro e sai desfilando. Será que minha irma ensinou isso pra ela ??? Nao mesmo. É uma questao de espelho, até entao muito inofensivo, mas nao sei o qto vaidosa ela será.

    Acho que das vaidades todas, a mais tosca é a depilacao definitiva pra alguem que nem pelos tem, mas se nao se confudir isso com futilidade deve ter seu valor.

    Sei lá, nao tenho filhos e por isso respeito muito a opiniao da olivia , que melhor que ninguem aqui sabe a dor e prazer de criar uma criança.

  • 10. Deia Vazquez  |  20 - agosto - 2008 às 6:29

    A menina ser vaidosa e imitar as referencias femininas qie a cercam eh a coisa mais normal do mundo, em qualquer geracao. Qual de nos aqui nunca colocou o sapato da mae, se maquiou e ficou desfilando pela casa bancando gente grande? Normal. Dai a mae comprar um salto alto pra filha, levar na manicure e pra fazer massagem, ja eh ooooooutro papo. Eh estimular uma vaidade absurda, fora de controle. Eu me choquei com a depilacao. Segundo o medico entrevistado nao ha risco para a crianca, mas o que ele teme eh que isso gere um comportamento de risco em relacao aos tratamentos de beleza. Uma garotinha de 10 anos nao pode sentir dor em nome da beleza (eu me questiona ate se nos adultos devemos!). Uma menina dessa estara com 15 anos colocando silicone. Essa eh a fase da vida quando os valores sao formados e eu me pergunto que valores sao esses passados pra essas criancas, que aprendem desde cedo que precisam sofrer para “impressionar”.

  • 11. Deia Vazquez  |  20 - agosto - 2008 às 8:50

    Acabei de achar esse blog:

    http://tavi-thenewgirlintown.blogspot.com/

    Medonho. Pre-adolescente fashionista. Afff!

  • 12. Olívia Bandeira de Melo  |  20 - agosto - 2008 às 14:32

    Andréa, concordo com tudo o que você disse. Muito normal nos espelharmos na atitude dos pais, usar a roupa deles, passar um batom de vez em quando. Isso faz parte do aprendizado e da brincadeira da criança. Mas em muitos casos está se tornando “doença”, exacerbação de alguns valores em detrimento de outros.

    Ai, LC, concordo também com você quando diz que isso é o espelhamento de um comportamento paranóico dos adultos. E é isso que acho que a gente precisa questionar. Que tipo de mundo a gente quer construir? Em que tipo de mundo a gente quer que nossos filhos vivam?

    E viva o debate, viva a discussão!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Trackback this post  |  Subscribe to the comments via RSS Feed


Feeds

Enquete

O que já contamos

Contador

  • 123,138 acessos

Mais caroço

Agenda

agosto 2008
S T Q Q S S D
« jul   set »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

%d blogueiros gostam disto: