Posts tagged ‘conspirações’

Conspirar é preciso

Leo Cosendey

A menção a Abraham Lincoln e a JFK em meu texto anterior me fez lembrar uma série de coincidências bizarras que envolvem os dois. Li isso num dos meus livros preferidos, o divertidíssimo Conspirações, de Edson Aran, que cito agora:

As coincidências que ligam John Kennedy a Abraham Lincoln são de entortar a cabeça. Sincronicidade ou prova de uma conspiração centenária? Tire suas conclusões.

1) Ambos tinham sobrenomes de sete letras.
2) Lincoln foi eleito em 1860. Kennedy, em 1960.
3) Lincoln tinha uma secretária chamada Kennedy. Kennedy tinha uma secretária chamada Lincoln.
4) Lincoln foi assassinado no teatro Ford. Kennedy foi assassinado numa limusine Lincoln, fabricada pela Ford.
5) Os dois supostos assassinos tinham nomes de 15 letras (John Wilkes Booth, Lee Harvey Oswald).
6) Booth nasceu em 1839. Oswald, em 1939.
7) O sucessor de Lincoln foi Andrew Johnson, que nasceu em 1808. O sucessor de Kennedy foi Lyndon Johnson, que nasceu em 1908.

Uma pesquisa pela internet me informou que o livro está fora de catálogo. É uma pena. Ele é quase uma minienciclopédia (merda de acordo ortográfico) de conspirações das mais variadas, organizado em verbetes que fazem referência cruzada. Se alguém encontrar num sebo, recomendo bastante.

23 - janeiro - 2009 at 13:32 2 comentários

As tristes semelhanças de Obama

Leo Cosendey

jfk_filmPerdoe a repetição, amigo leitor. Eu sei que a Monique e a Luciana já escreveram sobre a posse do Osama Obama, mas veja só: eu ainda não toquei no assunto e, além disso, estava há mais de um mês sem escrever aqui. Por favor, continue ligado em nosso blogue, eventualmente vamos acabar tocando em outro assunto.

Concluído o nariz de cera, passemos ao texto propriamente dito: respeito a eleição do Obama, acho que ela foi um grande passo para o povo americano (e, por consequência, para o resto do mundo) e que representa, pelo menos, o fim do belicismo exagerado de Jorge Arbusto & seus cupinchas. Entretanto, a Obamania (mais além, a Oba-obamania) e sua divinização do sósia do Lewis Hamilton me lembram muito o que foi feito em torno do Lula em 2002. Tanto cá como lá, seria eleito um homem que representava uma minoria, que não estava ligado ao grupo anterior, que representava a esperança, que venceria o medo etc. Excelentes campanhas de marketing, sem dúvida, e o povo acabou comprando. Em 2002, o povo brasileiro. Em 2008, a população mundial.

É claro que imagino que Obama será um presidente melhor que GWB — até Flipper, o golfinho amestrado, seria. No entanto, talvez eu seja cínico demais (ou já esteja escaldado pela absolutamente nula mudança que os anos Lula têm representado) para vê-lo como um novo Messias. Apesar disso, tenho certeza que que ele entrará para a história, não só por ter sido o primeiro presidente negro dos EUA. (mais…)

22 - janeiro - 2009 at 12:37 7 comentários


Feeds

Enquete

O que já contamos

Contador

  • 122,970 acessos

Mais caroço

Agenda

julho 2017
S T Q Q S S D
« fev    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31